Portal do Governo Brasileiro

Despoluição do Vale do rio dos Sinos (RS)

"Como o corpo humano é constituido de 70% de água, e como a água que eu bebo é do Guaíba, então nós portoalegrenses somos o Guaíba." O biológo Rualdo Menegat não poderia ser mais preciso. Entrevistado por nossos mochileiros durante um passeio pelo Lago Guaíba, ele explicou a importância das obras de despoluição que estão sendo tocadas na região - vales dos rios dos Sinos, Guaíba e Gravataí - para acabar com o despejo de esgoto in natura no Lago. Porto Alegre e seus habitantes merecem!

O projeto de Despoluição dos Vales dos Rios dos Sinos, Guaíba e Gravataí tem investimentos de R$ 774 milhões. Uma das principais obras do projeto é a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Serraria, que faz parte do Sistema de Esgotamento Sanitário Ponta da Cadeia, maior obra de tratamento de esgoto do PAC 2, inaugurada em 11 de abril de 2014. A ETE Serraria tem capacidade de tratar mais de 4 mil litros de esgoto por segundo e beneficiará 1,2 milhão de pessoas em 30 anos, reduzindo a poluição do Lago Guaíba.

Infografico

Noticias relacionadas

Videos Relacionados