Portal do Governo Brasileiro

Notícias do PAC

Assinar RSS O que é RSS?

PAC executa R$ 364,6 bilhões em 18 meses

30 de Agosto de 2016

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) divulgou, nesta terça-feira (30), os resultados do 3º Balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2015-2018. Apesar do cenário econômico restritivo, a execução do programa segue dentro do previsto, com 35,1% nos primeiros dezoito meses do quadriênio, saindo de R$ 251,7 bilhões, realizados até dezembro de 2015, para R$ 364,6 bilhões, investidos até junho de 2016.

O valor total das ações concluídas entre janeiro de 2015 até junho de 2016 soma R$ 254,3 bilhões. No total, foram concluídos R$ 8,8 bilhões em logística, R$ 116,7 bilhões em energia e R$ 128,8 bilhões em obras sociais e urbanas.

O balanço completo está disponível para download no site do programa.

Infraestrutura Logística

Foram concluídos 365 km de rodovias em 12 empreendimentos, com destaque para 69,1 quilômetros da BR-158 no estado do Mato Grosso e 5,1 quilômetros da BR-101 na travessia de Laguna em Santa Catarina. Os empreendimentos ferroviários e hidroviários continuam a ser executados e está prevista a conclusão dos próximos lotes no segundo semestre deste ano.

O balanço também destaca a conclusão de três empreendimentos em aeroportos: finalização do complexo aeroportuário de Goiânia (GO), recapeamento da pista de pouso e decolagem de Salvador (BA) e reforma das pistas do Aeroporto de Santo Ângelo (RS).

Infraestrutura Energética

No setor de geração de energia elétrica, foram acrescidos 14.508 megawatts ao sistema nacional. Houve início de operação da Usina Hidrelétrica de Belo Monte e a conclusão das usinas de Teles Pires, Santo Antônio (em operação com 44 unidades geradoras), Jirau (em operação com 42 unidades geradoras) e Cachoeira Caldeirão (em operação com duas unidades geradoras).

Em transmissão de energia, o PAC instalou mais de 4 mil quilômetros de linhas de transmissão e 19 subestações.

A exploração e produção de petróleo e gás também foi ampliada. No primeiro semestre de 2016, foram perfurados 28 novos poços exploratórios, sendo que 12 desses já estão concluídos.

No refino e petroquímica, a Refinaria Abreu e Lima (PE) bateu recorde de processamento de petróleo no mês de junho, com utilização superior a 96% da capacidade instalada.

A indústria naval também entregou seis navios de grande porte, três navios do tipo Suezmax e três gaseiros.

Infraestrutura Social e Urbana

O Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) entregou 857 mil unidades habitacionais e foram contratados mais 286 mil novos imóveis.

Em urbanização e assentamentos precários, o PAC realizou 227 ações em 202 municípios, beneficiando 100 mil famílias. O programa também ampliou os recursos hídricos com a conclusão de 15 empreendimentos, dentre eles as adutoras Araras-Crateús, as estações de tratamento de água de Maranguape-Maranguape, Flor do Campo-Quiterianópolis e Aroeiras, além do Sistema Integrado de Abastecimento de Água Campina Grande-Pocinhos.

O PAC deu continuidade ainda às ações de saneamento básico. Houve instalação de água potável em áreas urbanas em 354 municípios beneficiando 5,1 milhão de pessoas. Foram feitas 640 obras de esgoto sanitário e ações de coleta de resíduos sólidos em 603 municípios. O programa Luz para Todos realizou mais de 88 mil ligações, 42% da meta do quadriênio 2015-2018.

Foram realizadas também ações de prevenção em áreas de risco, com 38 obras de drenagem em 33 municípios, alcançando 988 mil pessoas. Houve ainda a realização de obras de contenção de encostas em 13 municípios, beneficiando mais de 270 mil pessoas.

Em mobilidade urbana, vale destacar o funcionamento do VLT Rio e da Linha 4 do Metrô, também no Rio de Janeiro, obras importantes para o deslocamento de brasileiros e estrangeiros durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016.

Acesse o balanço completo e confira os detalhes